Dra, a senhora pode falar com meu animal que morreu???

Muitas pessoas me procuram querendo uma comunicação com um animal que já habita um outro plano da existência. Estas pessoas estão sofrendo terrivelmente pois não conseguem se desligar de quem partiu.

Lembrei-me recentemente de uma cena: eu vivia em Minas Gerais e estava andando de carro por uma estrada de terra, quando vi deitado no chão um bezerro já em seus últimos momentos. Como veterinária o “certo” seria tentar de tudo para que ele continuasse vivendo. Mas naquele momento, que ficou marcado para sempre em minha memória, foi como se eu estivesse em um estado de consciência alterado, pois tive a visão clara de que tudo aquilo era mais do que perfeito.

Senti que meu papel era observar, orar e respeitar a vontade maior de um Ser que sabe o que faz. Pude perceber com todo o meu ser, o quanto a morte faz parte da vida, o quando é normal e pacífica.

Sempre digo que o Universo necessita de uma desculpa qualquer para nos retirar deste plano e nos transportar para outro plano da existência. A desculpa pode ser uma doença, um acidente, um desaparecimento… qualquer coisa. Claro que nosso dever é buscar sempre a saúde e uma vida plena em todos os sentidos, mas quando algo muito grave chega e leva embora um ser que amamos muito, penso que para nós que ficamos há uma lição muito preciosa, que consiste numa das tarefas mais importantes para realizamos durante a vida.

Esta tarefa chama-se SOLTAR. Soltar em direção à vontade maior, que não compreendemos e nem precisamos compreender. Deixar partir.

Quando um ser muito amado parte, nasce no coração uma gratidão tão imensa! Sentimos como foi abundante o tempo que pudemos compartilhar com este ser, sentimos o quanto de generosidade foi derramada sobre nós.

E o que poderia ser fonte de grande tristeza, instantaneamente torna-se um rio de alegrias das boas lembranças, do tempo compartilhado, dos grandes aprendizados.

Só gratidão e nada mais.

Para fechar, fazemos uma singela cerimonia: dizemos ao ser amado que partiu, tudo que está em nossos corações, despedimo-nos com um sorriso e abrimos nossos lindos corações para acolher mais um dos milhões de animais abandonados e sofridos que esperam por um lar amoroso.

“Ah, dra Sheila, eu entendo… eu sei que tudo isso é lindo e ideal… mas tenho TANTAS saudades do meu animalzinho…ele era TUDO para mim…”

Sabe o que posso te dizer, para consolar?

Adote um animal abandonado e toda essa saudade vai ser TRANSMUTADA, com a ajuda dos seres de luz.